Paralelo entre Baudrillard e Psicopata Americano

Atualizado: 8 de abr. de 2021

Baudrillard foi um filósofo pós-estruturalista francês que trouxe questionamentos interessantes sobre um sistema de signos onde, na pós modernidade, um objeto não teria seu valor estabelecido pelo seu preço bruto, sua utilidade ou valor de troca, mas pelos signos a ele relacionados, forçadas e reforçadas pela intoxicação midiática.


Essa manipulação acaba por derrubar barreiras entre o real e o virtual, onde a perda de identidade é diretamente proporcional a obtenção de status e poder hierárquico DE OBJETOS. O que isso quer dizer...? Que superamos a hierarquia social para cair em algo ainda mais distanciado da realidade, é "a vitória do objeto sobre o sujeito". Parece um questionamento manjado, mas sua forma de teorizar sobre a sociedade do consumo é digna de atenção.


Influência forte para a ideia central do filme Matrix, que fala exatamente sobre isso, o autor desse vídeo também conseguiu traçar uma linha entre a teoria de Baudrillard e o filme Psicopata Americano.


"Uma pessoa criada com lobos, torna-se parecida com lobos. Pessoas criadas como objetos, tornam-se parecidas com objetos".


Link: https://www.youtube.com/watch?v=RJfurfb5_kw (recomendo colocar legenda em português)


Quem lembra dessa cena?

*Matrix, irmãs Wachowski, 1999. *Gostou da ideia? Aqui está o livro de Baudrillard Simulacros e Simulação.

109 visualizações2 comentários

Posts recentes

Ver tudo